Livros

Os 7 Melhores Livros que Li em 2017

Não sei se vocês lembram, mas no início do ano passado eu fiz um post falando sobre as minhas metas para 2017, as quais foram um pouco diferentes das de outros anos. Eu preferi não falar quais eram, e me dar mais liberdade para ler nem que fosse menos, mas de uma forma melhor. E, bem, o resultado foi… que isso deu super certo!

Não consegui ler tanto quanto nos outros anos, mas posso dizer que os que li valeram por muitos outros. Foram 36 livros no total, dos quais 21 foram em inglês, e 13 foram clássicos, tanto nacionais como estrangeiros. Abaixo listo os que considerei os melhores e que mais me surpreenderam…

1. Anne of Green Gables, de Lucy Maud Montgomery

Um livro lindo e tocante, de amor e aprendizado, fé e família, no qual foi inspirado a série Anne with an E, que conta a história de Anne, uma menina ruiva e órfã que por engano acaba indo para a casa de Marilda e Matthew Cuthbert, dois irmãos que viviam juntos e solitariamente, e gostariam de ter um menino que os ajudasse na fazenda da família, pois ambos já estavam ficando velhos.

Descobri os livros por causa da nova série da Netflix, e desde então me apaixonei pela história da Anne, que acabou sendo uma das minhas preferidas.

Aconselho a lerem primeiro os livros e depois assistir a série, pois apesar de ela ser bem fiel no início, aos poucos acaba mudando a ordem dos acontecimentos e a forma com que eles ocorrerem.

Onde comprar: Amazon

2. O Silmarillion, de J. R. R. Tolkien

Considerada por Tolkien a principal obra de sua vida, mais ainda do que O Senhor dos Anéis e O Hobbit, O Silmarillion narra toda a história da Terra Média, desde sua criação até o fim de sua Terceira Era, onde acabam os livros mencionados anteriormente, passando, principalmente, pelos acontecimentos dados antes da criação do Um Anel, a Primeira Era, e do Mundo Antigo.

Esta é uma leitura obrigatória para todos os fãs de Tolkien e de sua aclamada trilogia, pois esclarece muitos dos fatos e histórias mencionadas em seus outros livros, e ajuda no entendimento de toda a sua obra.

Apesar de apresentar muitas descrições, e parecer cansativo, vale muito a pena ler esse grande livro e poder se aprofundar um pouco mais no universo criado por Tolkien.

Onde comprar: Amazon

3. Vidas Secas, de Graciliano Ramos

Outro livro que me surpreendeu no ano passado foi Vidas Secas, de Graciliano Ramos. Ele narra a história de Fabiano, Sinha Vitória, seus dois filhos e Baleia, a cachorra, uma de muitas famílias sertanejas que fogem da seca no Nordeste, e vagam pela região em busca de uma melhor qualidade de vida. Mostrando as dificuldades enfrentadas durante a seca, e fora dela, comparando muitas vezes as atitudes de Fabiano e de sua família com a de animais, dado que ele mesmo ora se via como homem, ora como bicho que somente se submetia aos outros e à situação em que estava passando.

Realmente, um grande clássico da literatura brasileira que nos leva a conhecer um pouco mais sobre a vida no Nordeste, e sobre as dificuldades enfrentadas pelos habitantes da região, muitas vezes explorados pela sua pela baixa escolaridade e condição financeira.

Resenha | Onde comprar: Amazon, Saraiva.

4. Eu, Robô, de Isaac Asimov

Eu, Robô, marco no gênero de ficção científica, reúne nove contos que mostram a evolução dos robôs, e de sua importância para a humanidade ao longo dos anos.

É nesse livro que Asimov introduz as suas três Leis da Robótica, as quais determinam a forma de agir dos robôs, e apresenta uma perspectiva totalmente inovadora acerca dessas máquinas.

Já há algum tempo eu vinha querendo ler esse livro, e muito feliz fiquei ao terminá-lo. Eis aqui mais um grande clássico. Divertido e ao mesmo tempo tocante, Eu, Robô nos leva a pensar em como poderá ser o futuro dos robôs e da AI (Inteligência Artificial), e de como a maioria das pessoas poderá enxergar isso. Definitivamente, mais um que eu super recomendo.

Onde comprar: Amazon, Livraria Cultura

5. Orgulho e Preconceito, de Jane Austen

Orgulho e Preconceito, como creio que a maioria de vocês já saiba, narra a história dos Bennet e de suas cinco filhas. A família estava em busca de  um casamento para cada uma elas, e se anima principalmente após a chegada de Mr. Bingley, que logo se interessa pela filha mais velha, Jane, e de seu amigo, Mr. Darcy, ambos jovens com muito dinheiro, e orgulho, no caso de Mr. Darcy, o qual tem várias discussões por causa disso com Elizabeth, a protagonista.

Com certeza, esse é um dos livros que mais me surpreendeu nessa lista. Jamais pensei que iria gostar de Orgulho e Preconceito, e agora ele é um dos meus favoritos. Que bela história a que Jane Austen criou, e a mensagem que passou, principalmente sobre a futilidade das mulheres daquela época, e do preconceito da sociedade sobre aquelas que tinham um dote menor ou que demoravam para se casar, sem mencionar na educação.

Onde comprar: Amazon, Livraria Cultura, Saraiva

6. Pai Rico, Pai Pobre, de Robert Kiyosaki

Acho que esse foi o ano em que mais explorei gêneros que pouco lia antes, pois eis aqui mais um. Pai Rico, Pai Pobre conta o que os ricos ensinam a seus filhos sobre educação financeira, e que os outros pais raramente ensinam. Será que estudar muito e tirar notas boas ainda é sinônimo de um emprego seguro e de um bom salário?

Apesar de já se passarem 20 anos do lançamento, esse ainda é um livro atual e com muitos ensinamentos, principalmente, por causa do momento pelo qual o Brasil está passando em relação à Reforma da Previdência, e também da mudança do mercado trabalhista no mundo inteiro.

De fato, um livro que todos deveriam ler, e um assunto no qual todos deveriam se aprofundar. Mais um que super indico a vocês!

Onde comprar: Amazon

7. O Mundo de Sofia, de Jostein Gaarder

O Mundo de Sofia narra a história de Sofia e da Filosofia, por meio de um curso misterioso que lhe é dado em forma de cartas. Aos poucos lhe é explicado sobre vários filósofos que contribuíram para a história da humanidade, e também sobre a importância da filosofia para nós.

Após vários anos querendo ler esse, finalmente consegui concluí-lo no finalzinho de 2017. Apesar de ser bem extenso, essa é uma leitura que vale a pena, pois nos leva a pensar de forma mais crítica, e a refletir um pouco mais sobre diversos assuntos.

O autor criou uma ótima dinâmica de apresentar a filosofia de uma forma diferenciada, além de esclarecer vários conceitos através da própria história de Sofia.

Resenha | Onde comprar: Amazon, Livraria Cultura

Sei que o post ficou meio gigante, mas é isso, esses foram alguns dos melhores livros que li em 2017, um ano de poucos que equivaleram a muitos. Outros que também merecem ser mencionados são: Dom Casmurro, Frankenstein, A Arte da Guerra, A Bússola de Ouro e Live to Make a Difference.

Espero que tenham gostado! E vocês, quais foram os melhores livros que leram ano passado?

3 Comments

  1. Cintya

    January 20, 2018 at 8:19 AM

    Adorei sias melhores leitura! Eu, robô li ano passado também é O mundo de Sofia está na minha listinha faz um tempo já. Queria saber ler em inglês também ?

    1. Sophia

      January 20, 2018 at 12:26 PM

      Sério? Que legal! E o que você achou? Esse também ficou na minha lista por muito tempo, e o pior era que o preço nunca melhorava, rsrs, até que consegui ler pelo Kindle.
      No início é um pouco difícil, mas depois melhora, rs, é só começar com um de nível básico ou que já leu em português antes, que quando ver já estará entendendo mais do que imaginava. ??

  2. Jady Santos

    April 12, 2018 at 3:30 PM

    Uma bela lista de livros!
    Eu assisti a série Anne com E ano passado e simplesmente é uma das melhores séries do mundo. Quero muito ler os livros, mas fico com um pé atrás pq nem todos os livros foram publicados aqui no Brasil, mas parece que a editora Pedra Azul está trazendo aos poucos. Infelismente ainda não sei ler em ingles, mas quem sabe eu consiga aprende e ler todos daqui alguns anos kkkk.
    Amo Jane Austen, mas só li Emma e me apaixonei perdidamente.
    O mundo de Sofia parece ser muito fofo e legal.
    O restante já ouvi falar, mas não li também.
    Gostei bastante, o legal é ver a diversificação das leituras. Temos um romance infantil, um nacional, um romance de época, um ficção cientifica, um mais teórico e uma fantasia. Isso é o que mais gostei, parabéns. ?
    Beijos, Jady

    Garota, Era uma vez
    http://garotaeraumavez.blogspot.com.br/

Leave a Reply